agende agora

O que é ultrassonografia, para que serve, tipos e como é feita


A ultrassonografia, também conhecida por ecografia e ultrassom, é um exame de imagem diagnóstico que serve para visualizar em tempo real qualquer órgão ou tecido do corpo. Quando o exame é realizado com Doppler, o médico consegue observar o fluxo sanguíneo dessa região.

A ultrassonografia é um procedimento simples, rápido e não possui restrições, podendo ser feito sempre que o médico achar necessário, não sendo necessário esperar entre um ultrassom e outro. No entanto, é importante que seja verificado se existe alguma recomendação para a realização do exame, como encher a bexiga ou tomar medicamentos para eliminar o excesso de gases, já que isso pode dificultar a visualização dos órgãos.

Para que serve

A ultrassonografia é um exame de imagem que pode ser indicada pelo médico com o objetivo de identificar alterações nos órgãos. Assim, esse exame pode ser recomendado para:

  • Investigar a dor abdominal, nos flacos ou nas costas;
  • Diagnosticar a gravidez ou avaliar o desenvolvimento do feto;
  • Diagnosticar doenças do útero, trompas, ovários;
  • Visualizar as estruturas dos músculos, articulações, tendões;
  • Para visualizar qualquer outra estrutura do corpo humano.

A ultrassonografia deve ser realizada em um laboratório, clínica ou hospital, sempre sob indicação médica, para auxiliar no diagnóstico ou tratamento de diversas situações. Além disso, antes da realização do exame é preciso se informar sobre o preparo para os exames, pois em alguns tipos de ultrassonografia pode ser necessário beber bastante água, ficar em jejum ou tomar remédios para eliminar os gases, por exemplo.

Como é feita 

A ultrassonografia deve ser feita com o paciente deitado numa maca e em seguida deve-se colocar uma fina camada de gel na pele e posicionar o transdutor em cima deste gel, deslizando o aparelho pela pele. Este aparelho irá gerar imagens que podem ser vistas num computador e deverão ser analisadas pelo médico.

Após terminar o exame o médico retira do gel com um papel toalha e a pessoa pode ir para casa. O exame não causa dor, nem desconforto, é de fácil acesso e geralmente não é um exame caro, sendo coberto por vários planos de saúde, embora também possa ser realizado pelo SUS.

Principais tipos de ultrassonografia

1. Ultrassonografia morfológica

Este é um tipo especial de ultrassom que deve ser realizado na gravidez, entre as 20 e 24 semanas de gestação, para verificar se o bebê está se desenvolvendo corretamente ou se ele apresenta alguma malformação, como a Síndrome de Down, mielomeningocele, anencefalia, hidrocefalia ou cardiopatias congênitas. 

O tempo de duração do exame varia entre 20 a 40 minutos e este exame é indicado para todas as grávidas.

Como é feita: o médico irá colocar um gel na barriga da grávida e passar um aparelho por toda a região uterina. O equipamento irá gerar imagens que podem ser vistas no computador. Confira mais detalhes do ultrassom morfológico.

2. Ultrassonografia 3D e 4D

Este é um tipo de exame que permite uma melhor visualização da estrutura a ser estudada, conferindo um aspecto mais real. A ultrassonografia em 4D além de permitir uma ótima observação do bebê ainda dentro da barriga da mãe, consegue captar seus movimentos em tempo real.

Elas são particularmente indicadas para a visualização do feto e podem ser realizadas a partir do 3º mês de gestação, mas melhores imagens são obtidas a partir do 6º mês de gravidez.

3. Ultrassonografia da mama

No ultrassom da mama o médico pode observar a aparência de um caroço que pode ser sentido na palpação da mama. Isso ajuda a identificar se pode ser um nódulo benigno, suspeito ou câncer de mama, sendo ainda útil para avaliar os ductos mamários, e investigar as causas de dor na mama, por exemplo.

Como é feito: A mulher deve ficar deitada sem roupa e sutiã enquanto o médico passa o equipamento em toda área suspeita. É normal demorar mais tempo quando há cistos ou nódulos que precisam ser investigados. Esse exame não substitui a mamografia, mas pode ser pedido pelo médico se a mulher tiver mamas grandes e firmes, o que dificulta a realização da mamografia. Saiba mais detalhes do ultrassom da mama.

4. Ultrassonografia da tireoide

No ultrassom da tireoide médico observa o tamanho dessa glândula, seu formato e se possui algum nódulo. Esse exame pode ainda ser realizado para guiar uma biópsia para que seja retirada uma pequena amostra do tecido, em caso de suspeita de câncer, por exemplo.

Como é feito: A pessoa deve permanecer deitada de barriga para cima, e então é colocado um gel sobre o pescoço. O médico irá deslizar o aparelho e ver na tela do computador, como está a tireoide da pessoa. É normal durante o exame o médico perguntar se é a 1ª vez que faz o exame ou se houve alguma alteração em exames anteriores, para poder comparar os resultados. Confira os sintomas que podem indicar câncer de tireoide.

5. Ultrassonografia pélvica

Este exame é indicado para visualizar estruturas como útero, ovários e vasos sanguíneos desta região, podendo ser necessária para diagnosticar endometriose, por exemplo. Ela pode ser realizada colocando o transdutor na parte superior da barriga ou dentro da vagina, e neste último caso ela é chamada de ultrassonografia transvaginal. Saiba detalhes do ultrassom transvaginal.

Nos homens, a ultrassonografia pélvica é indicada com o objetivo de avaliar a próstata e a bexiga.

6. Ultrassonografia abdominal

O ultrassom abdominal serve para investigar a dor no abdômen, se existem líquidos nessa região, ou avaliar órgãos como o fígado, rins, presença de massas e em caso de traumatismo ou pancada, na região da barriga. Além de também ser útil em caso de avaliação dos rins e as vias urinárias, por exemplo.

Como é feita: O médico irá indicar se é preciso fazer algum tipo de preparo antes, mas no caso de avaliação dos rins, das vias urinárias e da própria bexiga, antes do exame é recomendado jejum de 6 horas, e o exame precisa ser realizado com a bexiga cheia. Por isso crianças de 3 a 10 anos devem beber de 2 a 4 copos de água, adolescentes e adultos devem beber de 5 a 10 copos de água até 1 hora antes do exame, sem poder fazer xixi antes do exame.

H3Med

Subir Página