agende agora

Quais são os exames de rotina mais recomendados


A melhor maneira de se manter saudável, além da prevenção, é realizando visitas regulares ao médico e exames de rotina. Essas simples atitudes são indicadas para pessoas de todas as idades e sexos e são uma das formas mais recomendadas para você ter uma vida tranquila e vigorosa.

Você provavelmente já ouviu alguém que iria viajar dizer que “precisa fazer um check-up no carro antes”. Pois bem, da mesma forma que nossos veículos precisam estar com tudo em dia para pegar a estrada sem correr riscos, os nossos órgãos também precisam estar com a saúde em dia.

O check-up da saúde é composto por nada mais que um conjunto de exames de rotina. Para saber mais sobre esses poderosos aliados na prevenção de doenças é só continuar lendo!

Quais são os exames de rotina

PCR: inflamação

exame PCR pode ser chamado de “exame de proteína C-reativa”, que é a proteína produzida pelo fígado. Medi-la é indicado porque, quando há uma alta concentração dela no sangue, geralmente, é sinal de que há alguma inflamação ou infecção.

Segundo o Doutor Felipe Folco, “esse exame também aponta para riscos de doenças graves, como doenças do coração, reumáticas e neoplasias malignas (câncer)”.

TSH: tireoide

exame TSH é feito para avaliar o funcionamento da tireoide — glândula localizada no pescoço, responsável pela regulação das funções de importantes órgãos, como coração, cérebro e rins. Entre os tipos de exame que mede a funcionalidade, estão:

  • Dosagem de hormônios: feita por meio de um exame de sangue, verifica a possível existência de hipo ou hipertireoidismo;
  • Dosagem de anticorpos: também feita por exame de sangue dos anticorpos que agem contra a tireoide — geralmente produzidos em doenças autoimunes,
  • Ultrassonografia: mede o tamanho da tireoide e também identifica a possível presença de cistos, nódulos ou tumores.

Exames do coração

A saúde do coração é avaliada com uma variedade de exames do coração que podem ser solicitados por um clínico geral ou cardiologista de sua confiança. Entre os principais exames de rotina para o coração, estão:

  • Eletrocardiograma: avalia o ritmo do batimento cardíaco e identifica possíveis infartos ou arritmias;
  • Teste ergométrico: tem o objetivo de identificar alterações na pressão arterial e também o batimento cardíaco, enquanto a pessoa faz algum esforço físico;
  • Ecocardiograma: por ser um ultrassom do coração, as imagens captadas durante esse exame servem para avaliar o tamanho do coração, espessura das paredes e também o quanto de sangue está sendo bombeado por ele. Identifica sopro ou insuficiência cardíaca, assim como tumores;
  • Raio-X: feito para avaliar caso de vasos dilatados no coração e também a saúde dos pulmões, se forem observados líquidos nas imagens,
  • M.A.P.A: exame feito durante 24 horas para avaliar o funcionamento geral do coração e a pressão arterial ao longo do dia.

Exames de sangue

Com uma pequena amostra do seu sangue, é possível detectar doenças e descobrir como anda o funcionamento do seu corpo inteiro. Os principais tipos de exame de sangue são:

  • Hemograma: identifica doenças como anemia, leucemia, dengue, alergias ou outras infecções por vírus, parasitas e bactérias;
  • Colesterol: serve para identificar os níveis de colesterol bom e ruim no sangue. É útil para descobrir como está a presença de gordura ruim no seu corpo;
  • Glicemia: avalia o nível de açúcar no sangue, ou seja, aponta doenças como diabetes;
  • HIV: revela se a pessoa é portadora do vírus HIV e de outras doenças sexualmente transmissíveis;
  • PSA: detecta níveis de proteína apenas em homens, para, assim, apontar infecção ou câncer na próstata,
  • Ácido úrico: detecta cálculo renal, gota, pressão alta e doenças cardiovasculares.

Exames ginecológicos

Os principais exames ginecológicos de rotina são:

  • Papanicolau: detecta lesões e infecções que apontam para quadros pré-cancerígenos ou cancerígenos;
  • Mamografia e ultrassonografia: mesmo tendo o objetivo comum de identificar possíveis quadros de câncer de mama, são exames diferentes. A mamografia é feita quando já há suspeita de câncer de mama. Enquanto a ultrassonografia é indicada como exame rotineiro em mulheres com menos de 30 anos que possuem histórico de câncer de mama na família;
  • Ultrassom da pélvis: exame de imagens detalhadas que detecta precocemente doenças como endometriose, infertilidade e síndrome dos ovários policísticos,
  • Colposcopia: exame que identifica tumores na vagina, infecções e inflamações. É solicitado pelo médico apenas quando o papanicolau dá resultados suspeitos ou inconclusivos.

Exames urológicos

O Dr. Felipe Folco afirma que a saúde masculina exige tantos cuidados quanto a feminina. Mas, “ao contrário das mulheres, muitos homens infelizmente não são cientes dos exames de rotina indicados para eles”.

Além dos principais testes rotineiros, como hemograma completo, exames de sangue e de urina, é importante que homens façam também o exame de próstata — que identifica um possível quadro de câncer de próstata.

Urina e fezes

A coleta de urina é importante para analisar o funcionamento dos rins. O exame aponta quadros de sangramento urinário, infecções e doenças no aparelho urinário. Entre os tipos de exame de urina estão:

  • Urocultura: onde a urina é analisada para detectar a presença de fungos ou bactérias,
  • EAS: tipo de exame solicitado para verificar a funcionalidade do sistema renal e urinário. É por ele que identificamos infecções urinárias e pedras nos rins, assim como insuficiência renal.

Já o exame de fezes pode ser feito de várias formas. Em geral, ele identifica presença de vermes, falhas no sistema digestivo, doenças no estômago ou intestino, câncer colorretal e outros problemas na região como hemorroidas.

A importância do acompanhamento médico

Referente à periodicidade dos exames de rotina, cada tipo tem a sua, assim como cada um é recomendado para faixas de idade diferentes.

“É recomendado que alguns tipos de exame sejam feitos de dois em dois anos em adultos saudáveis que não possuam sintomas nem queixas, já portadores de doenças crônicas devem passar por um check-up duas vezes por ano”, recomenda o Dr. Felipe Folco.

Para saber a periodicidade recomendada para você e sua família, recomendo que seja feito um acompanhamento médico. Afinal, somente um médico pode fazer uma investigação baseada no seu histórico de doenças familiares, estilo de vida e hábitos alimentares.

Fonte: Comigo Saúde

H3Med

Subir Página