agende agora

A importância do Ultrassom Transretal


Como é feito o ultrassom de próstata transretal?[saiba tudo]

exame de ultrassom, também conhecido como ecografia, é um método de diagnóstico por imagem.

Este método utiliza ondas sonoras de alta frequência emitidas pelo aparelho que fazem os tecidos do nosso corpo vibrarem e produzirem um eco, lido instantaneamente pelo aparelho e convertido em imagem.

A nitidez das imagens depende da frequência das ondas, ou seja, quanto mais alta a frequência mais nítidas serão as imagens geradas pelo aparelho de ultrassom.

ultrassom é um exame que não emite radiação, diferente da maioria dos exames que realizam diagnóstico por imagem.

Os exames de ultrassom podem ser realizados em pessoas de qualquer idade, pois não possuem contraindicações. Mas, caso você possua alguma condição de saúde, antes de realizar o exame é sempre bom informar ao médico responsável.

Benefícios da ultrassom transretal para a saúde do homem

ultrassom auxilia na detecção de doenças e/ou variações anatômicas com base na forma, tamanho e textura das estruturas (órgãos) que são avaliados, por isso é utilizada para avaliação da próstata, através da da ultrassom transretal.

próstata é uma glândula que possui 3 cm de diâmetro e está localizada na base da bexiga e na parte inicial da uretra.

Em relação aos benefícios do ultrassom transretal para a saúde do homem, o exame permite uma análise mais precisa da próstata e auxilia na:

  • Medição do tamanho da glândula prostática, o que pode ajudar a determinar a densidade do PSA.
  • Orientação para alguns tratamentos, como a braquiterapia (uma forma de radioterapia em que se coloca uma fonte de radiação dentro ou junto à área que necessita de tratamento) ou a criocirurgia (tratamento pelo frio, para destruir lesões).
  • Diagnóstico de infecções, cistos e hiperplasia benigna da próstata (uma doença benigna caracterizada pelo aumento de volume da próstata e consequente estreitamento da uretra).
  • Detecção de processos tumorais, como o câncer de próstata, que em estágio inicial só pode ser identificado por meio de exames preventivos.

IMPORTANTE: Vale lembrar que 90% dos casos são curáveis quando diagnosticados cedo.

Este tipo de câncer não apresenta sintomas, dessa forma a conscientização em procurar um urologista e realizar exames preventivos periodicamente é essencial.

Como é feito o exame de ultrassom transretal?

Durante o exame uma pequena sonda já com gel lubrificante é inserida no reto do paciente.

Curiosidade: O uso do gel é importante para uma boa realização do exame, pois evita bolsas de ar que podem bloquear as ondas sonoras, responsáveis pela criação das imagens.

A sonda emite ondas sonoras que ao entrarem em contato com a próstata cria ecos, que são captados pelo aparelho do ultrassom e transformados em imagens na tela do computador.

Este procedimento é realizado pelo reto porque a próstata se encontra entre este órgão e a bexiga e permite uma visualização mais clara, do que quando se realiza um ultrassom abdominal.

O procedimento é indolor, com duração média de 10 minutos e é realizado em regime ambulatorial.

Após a captação das imagens, a pessoa responsável pelo exame seleciona as que melhor representam a área do corpo que está sendo analisada.

A recomendação médica para a preparação pode ser do uso de um laxante e/ ou a aplicação de um enema. Geralmente, é feita a aplicação de um enema com água ou uma solução própria, cerca de 3 horas antes do exame, para melhorar a visualização.

Além disso, também é recomendado ingerir cerca de 6 copos de água 1h antes do exame e reter a urina, porque a bexiga deve estar cheia no momento da realização do exame.

Quando o exame de ultrassom transretal é recomendado?

O ultrassom transretal geralmente é solicitado pelo médico urologista quando o paciente apresentou alguma anormalidade durante o exame de toque retal ou aumento nos níveis de PSA (Antígeno Específico Prostático).

PSA é uma enzima (glicoproteína) com algumas características de marcador tumoral ideal, sendo utilizado para diagnóstico, monitorização e controle da evolução do carcinoma da próstata (ou câncer de próstata).

ultrassom transretal também pode ser utilizado durante a biópsia da próstata. Dessa forma ele serve para guiar o posicionamento das agulhas de biópsia para a retirada de uma amostra de tecido, da área da glândula com suspeita de câncer. 

Assim, essa amostra será examinada no microscópio por um patologista que emitirá o laudo final.

Outras indicações para a realização do exame, são:

  • quando o paciente tiver mais de 50 anos de idade;  
  • para fazer o diagnóstico de doenças na próstata;
  • para diagnosticar uma possível  infertilidade;
  • para acompanhamento de uma biópsia;
  • para acompanhamento do estadiamento do câncer da próstata;
  • para o seguimento de uma hiperplasia da próstata benigna ou da recuperação após cirurgia.

H3Med

Subir Página