agende agora

Ultrassom Doppler venoso: exame diagnostica o funcionamento das veias


Ultrassonografia com Doppler: conheça mais este exame - Tesla Imagem

Como está a sua circulação sanguínea? Está funcionando direitinho e de forma saudável? Uma das maneiras de você dar respostas certeiras para essas perguntas é realizando um exame ultrassom Doppler venoso. Mas você conhece esse método muito utilizado pelos médicos?

O que é o Doppler venoso?


O ultrassom Doppler venoso, também conhecido como Eco Doppler venoso colorido ou dúplex scan, é um exame de imagem não invasivo e não necessita de aplicação de contraste. Sua execução, apesar de ter um custo elevado, também pode ser realizada quantas vezes o médico achar necessário para a investigação da saúde das veias.

“Nós observamos os vasos por dentro com o sangue se movendo, sem corte e sem dor. Vemos o sentido do fluxo, ou seja, se ele está indo para o local certo ou não, o volume do fluxo e seu tipo, se é contínuo, oscila com a respiração, é laminar ou turbilhonar, etc. É ideal para o estudo das patologias venosas”, explica a angiologista Carmen Porto.

Ainda segundo a médica, não há uma preparação especial para fazer o Doppler, salvo em casos de exames das veias abdominais (veias ilíacas e veia cava inferior). O paciente precisa passar por uma dieta desde o dia anterior pobre em carboidratos e gordura e fazer uso de antifiséticos por via oral. O jejum no dia do exame deve ser de quatro horas, podendo ingerir água e os medicamentos usualmente utilizados.

Exame investiga doenças como varizes e trombose


Além de monitorar a circulação, o Doppler costuma ser indicado para pesquisa de desordem venosa aguda, que é o caso da trombose, e para investigação de desordem venosa crônica, que inclui um espectro de doenças venosas que vai desde varizes (acima de 3mm de diâmetro) à úlcera venosa. “Também pode ser feito um estudo de malformações para saber se há atresia/agenesia do sistema venoso profundo e para o diagnóstico diferencial de edemas”, complementa Dr. Carmen.

O exame deve ser feito obrigatoriamente por médicos. Os mais indicados são angiologistas e cirurgiões vasculares, pois têm a visão clínica da patologia e fornecem informações mais adequadas. No entanto, outros médicos especialistas, se treinados e igualmente capazes, podem conduzir um paciente, como cardiologistas e radiologistas.

H3Med

Subir Página